Google+ Followers

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

O PERIGO DA SUBSTITUIÇÃO

               
O homem em si mesmo tem uma grande facilidade em substituir coisas. Tem facilidade em se adaptar com algo novo mesmo quando parece, a princípio, um pouco difícil.
Vivemos num tempo nesse mundo aonde quase tudo tem sido substituído. O velho é descartado de forma brusca e o novo entrado em ação com tanto ímpeto que o velho logo, logo é esquecido. Os diversos tipos de entretenimento são substituídos quase que diariamente por mais uma inovação. Livros escritos por livros digitais, cartas escritas por mensagens instantâneas, intemináveis mapas desenhados e bússolas por GPS, compras em apenas um “clique” sem precisar sair de casa, informação em tempo real a todo tempo, carros velozes e inteligentes por outros mais dotados ainda, dentre tantas outras coisas mais...

É nessa euforia de mudanças e substituições que algo perigoso está sorrateiramente
acontecendo no meio da igreja: A SUBSTITUIÇÃO DO TEMPO COM DEUS por aquilo que é passageiro e desvanecedor! O regime do mundo tem trazido nesses dias finais uma fortíssima pressão sobre as pessoas. Pressão que nos empurram a fazer aquilo o que esse mesmo regime dita como tem que ser. A informação corre tão velozmente que é preciso correr atrás por medo de ser menosprezado ou ridicularizado diante de alguma situação. E é exatamente aí onde muitos servos estão se perdendo e trocando o tempo que daria ao Senhor por um tempo para mergulhar no que o sistema atual tem dito.

Sim, é certíssimo que precisamos estudar, trabalhar, nos atualizar, mas quando estamos nos atolando em tudo isso... É hora de parar e REVER OS NOSSOS CONCEITOS À LUZ DOS PRECEITOS DO SENHOR.
Quantos de nós hoje teríamos a coragem de fazer como Maria, irmã de Marta, que escolheu a boa parte de estar aos pés de Jesus? Marta se atolava em preocupações e afazeres contínuos, mas sua irmã resolveu aprender de Jesus naquele momento. Veja a história aqui, Lucas 10:38-42. Ou será que os nossos afazeres, planos, objetivos não nos permitem mais?! Ou será que estamos tão ocupados conosco mesmos que nem tempo temos para pensar nisso?!



Maria foi de encontro a todo o protocolo que deveria ser seguido naquele momento. Preferiu parar tudo para estar aos pés do Mestre Jesus, recebendo Dele, aprendendo Dele. E não foi por pouco tempo, enquanto Marta se agitava nos afazeres. Maria soube escolher a boa parte mesmo diante dos possíveis olhares de reprovação de Marta. Jesus soube fazê-la entender que aquela escolha que Maria fizera a levaria a um lugar que nada substitui. “E respondendo Jesus, disse-lhe: Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária; E Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada.” Lucas 10:41-42.
O ímpeto de querer ser algo nesse mundo está levando muitos cristãos, como numa correnteza, a um lugar de esfriamento espiritual.
Buscamos ser alguém, mas nós já somos alguém e alguém mais que apenas um “alguém”, somos filhos de Jeová, amados, guardados, protegidos por ele. Não por esforço humano, mas por graça. Precisamos aprender o que é moderação, a moderação nos afasta do ser néscio espiritual.
Quando substituímos o jejum, a oração íntima, a meditação na Palavra pelos planos e projetos do nosso “eu” é dizer claramente: “Espera um pouquinho aí Senhor. Volto já!”
Precisamos aprender a diferença entre precisar e necessitar. Avaliar o que realmente precisamos e o que necessitamos:
NECESSITAR: algo que não consigo viver sem.
PRECISAR: Querer muito uma coisa, mas posso viver sem ela.
Não substitua aquilo o que é eterno pelo o que é perecível. Lembremos que estamos de passagem aqui e que não pertencemos a esse reino aqui. Escolhidos para tocar poderosamente em vidas que estão ao nosso redor. Escolhidos para ter um coração sensível à voz do Senhor sobre determinadas situações e isso só será possível com uma entrega íntima a Ele.
"Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus.
Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra;
Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus."
 Colossenses 3:1-3


PONHA-SE DIANTE DO ESPÍRITO SANTO E DEIXE QUE ELE TE CONDUZA AO CAMINHO EM QUE TU DEVES ANDAR.
“Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de MODERAÇÃO.” 2 Timóteo 1:7

Graça e paz,
Fábio Charles

Nenhum comentário: