Google+ Followers

domingo, 9 de março de 2014

COMO NÓS PRECISAMOS APRENDER! COMO EU PRECISO APRENDER!

Há uma frase que muitos falam: "Só sabe como é a dor quem já passou por ela".
O apontar do dedo, o criticar, o julgar sem saber a verdade sobre tal situação que alguém enfrenta passa a ser por muitas vezes a nossa atitude, infelizmente.
É muito fácil para aquele que está livre julgar o preso; é muito fácil para aquele que está limpo falar do sujo; aquele que tem, criticar quem não tem; aquele que é, criticar quem não é; aquele acertou, condenar quem errou; aquele está dentro, criticar quem está fora.
Somente aqueles que estão em lutas específicas ou em alguma situação difícil sabem qual o peso que levam e como é difícil.
E, na verdade, eles não precisam de mais um peso sobre si, eles não precisam de mais um que aumente sua carga com a crítica e o julgamento, eles
precisam de um que os ajude a levar suas cargas, "Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo", Gálatas 6:2.

Como nós precisamos aprender! Como eu preciso aprender!
Como precisamos aprender a ser instrumentos do Senhor para ajudá-los a resolver trocar esse fardo pesado pelo fardo de Jesus. Amando, intercedendo e também exortando a eles. Há pessoas que se afundam mais por causa do sentimento de fraqueza e culpa, e não há quem se junte a ele para resgatá-la!
"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.
Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve",
 Mateus 11:28-30.
Se formos analisar (clique aqui) LUCAS 10:30-35 veremos como UM SACERDOTE E UM LEVITA viram um homem que tinha sido atacado duramente por ladrões e passaram à distância dele, não se importaram com a sua dor, não trataram das suas feridas, talvez até julgando que isso aconteceu porque mereceu. E um samaritano, possivelmente sem a experiência com o Criador tal como tinha aquele sacerdote e o levita, foi quem cuidou dos seus ferimentos. Em que posição estamos hoje diante das pessoas presas e feridas, posição desse sacerdote, levita ou na posição do bom samaritano?
Como nós precisamos aprender! Como eu preciso aprender!

Se formos também analisar (clique aqui) JOÃO 8:1-11 veremos que quem está na fraqueza não precisa de mais acusadores, mas de um que dê uma esperança, que mostre uma luz no fim do túnel, que lhe conduza à saída. Essa mulher pega em adultério precisava de tudo, menos de mais acusadores preparados para atirar tijolos e pedras!
Era necessário ali um que a ajudasse a se levantar, a se equilibrar até que pudesse prosseguir numa nova jornada dada pelo Senhor. Jesus estava ali.
Como nós precisamos aprender! Como eu preciso aprender!
Como precisamos aprender com aqueles que tiraram as ataduras de Lázaro para que ele pudesse andar APÓS A SUA RESSURREIÇÃO, "Saiu o que estivera morto, com os pés e as mãos atados com faixas, e o seu rosto envolvido com lenços. Disse-lhes Jesus: DESATAI-O PARA QUE ELE POSSA IR", João 11:44.

Lázaro experimentou do poder de Jesus, saiu da morte para a vida, mas precisava agora de pessoas para desatar as ataduras, tirar os impedimentos que não deixariam ele viver uma vida normal se continuasse daquele jeito.
Muitos de nós, assim como eu, já estiveram em tão profundo abismo que quando fomos retirados de lá aprendemos a olhar diferente para aquele que estão em fraquezas, que estão em abismo. Somente quem já esteve lá sabe como é estar lá.
Tudo o que tantos que estão ao nosso redor necessitam é somente de alguém que diga: SOU ENVIADO POR YESHUA PARA TIRAR VOCÊ DESSE ABISMO. Não pensemos que fazendo assim iremos acomodar tal pessoa no pecado, mas sim deixaremos claro para ela que não há cadeias que não possam ser quebradas e feridas que não possam ser saradas. Isso é como água fresca para quem está ardendo em sede!

Isso é ser verdadeiramente imitadores de Cristo:
"Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados", Efésios 5:1.
Isso é ter o mesmo sentimento de Jesus:
"De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus", Filipenses 2:5.
Como nós precisamos aprender! Como eu preciso aprender!

Porque o juízo será sem misericórdia sobre aquele que não fez misericórdia; e a misericórdia triunfa do juízoTiago 2:13

✔️Seja também nosso amigo no
Facebook Fábio Charles


Nenhum comentário: